O desobediente



Dois homens estavam trabalhando na lavoura. Interior, sol quente, trabalho pesado. Já há algum tempo sem irem a cidade. Um dos homens falou:
- Amanhã eu vou na cidade.
O amigo retrucou:
- Cumpade, diga se Deus quiser!
O compadre respondeu:
- Se Deus quiser eu vou, se ele não quiser eu vou também.
O homem foi castigado pela blasfêmia e se transformou em um sapo. Permaneceu como um sapo, por 10 anos na lagoa, até voltar a forma humana novamente.
De volta a forma humana e de novo trabalhando na lavoura ele fala para o amigo:
- Amanhã eu vou na cidade.
O amigo retrucou:
- Cumpade, diga se Deus quiser! Não se lembra do aconteceu da outra vez?
E o compadre diz:
- Se Deus quiser eu vou, se ele não quiser a lagoa tá ai mesmo.


Vejam Também:

O boletim de Joãozinho
Se entendendo via telefone
Tipos de Peido

Postar um comentário